Equações preditivas de gordura corporal já estão disponíveis

Avaliar a composição corporal, que inclui conhecer a percentagem de massa gorda, tem uma grande importância em termos nutricionais e clínicos, possibilitando o conhecimento do estado nutricional de cada paciente.

Conscientes desse fato, integramos no Nutrium uma nova funcionalidade: o cálculo automático da percentagem de massa gorda e massa livre de gordura, através de equações já conhecidas e amplamente utilizadas, presentes na literatura científica.


O Nutrium já possibilitava o registro manual do valor de massa gorda (em % e em kg), porém agora tornou-se mais completo e intuitivo ao calcular automaticamente esse valor utilizando equações preditivas de gordura corporal.

Equações integradas

O Nutrium agora integra as equações de Peterson et al, Slaughter e Evans, que calculam diretamente a percentagem de massa gorda, e as de Durnin and Womersley, Jackson and Pollock, Jackson et al, Visser e Guedes que calculam a densidade corporal e, quando multiplicadas pela equação de Siri ou de Brozek, revelam o respetivo valor da percentagem de massa gorda.

Equações de Durnin and Womersley (1974):

Usada para a determinação da densidade corporal de homens e mulheres adultos (16-72 anos). Depende do registro das dobras cutâneas: bicipital, tricipital, subescapular e suprailíaca.

Equações de Jackson and Pollock (1978):

Usada para a determinação da densidade corporal de homens adultos (18-61 anos). Depende do registro das dobras cutâneas: peitoral, abdominal e crural.

Equações de Jackson et al (1980):

Usadas para a determinação da densidade corporal de mulheres adultas (18-55 anos). Depende da idade e do registro das dobras cutâneas: tricipital, suprailíaca e crural.

Equações de Visser (1994):

Usada para a determinação da densidade corporal de idosos (60-87 anos). Depende do registro das dobras cutâneas: tricipital, bicipital, subescapular e suprailíaca.

Equações de Guedes (1985):

Estimam a densidade corporal e são adaptadas para a população brasileira, podendo ser utilizadas para pessoas de ambos os sexos, cuja idade esteja entre os 18 e 30 anos.
No caso de homens, depende do registro das dobras tricipital, suprailíaca e abdominal.
No caso das mulheres, depende do registro das dobras suprailíaca, crural e subescapular.

Equações de Evans (2005):

Equação indicada para estimar a percentagem de massa gorda de atletas masculinos e femininos. Depende do género, raça e do registro das dobras abdominal, tricipital e crural.

Equações de Slaughter (1988):

Determina diretamente a percentagem de gordura corporal em crianças e adolescentes, dos 7 aos 18 anos. Depende do nível de maturidade, da raça e do registro da prega cutâneas tricipital e subescapular.

Equações de Peterson et al (2003) (modelo dos 4 compartimentos):

Determina a percentagem de massa gorda para adultos (18-55 anos). Depende do peso atual, idade, altura e do registro das dobras cutâneas: tricipital, subescapular, suprailíaca e crural.

Como funciona

No separador Medições, comece por registrar as dobras cutâneas exigidas pela equação que pretende usar, bem como outros parâmetros que possam ser requeridos.

Depois de registrar, no fundo da página, encontrará as medições de composição corporal já com valores deduzidos.

Ao clicar na medição, abrirá automaticamente uma nova página, com um cartão, com as equações preditivas disponíveis para as características do seu paciente, onde é possível alterar a equação usada ou consultar informações sobre as mesmas.

No separador Planeamento, também poderá consultar e definir valores e objetivos para a percentagem de massa gorda.

Vantagens

Esta funcionalidade irá agilizar os processos de cálculo, durante as suas consultas de nutrição, mantendo a qualidade e eficiência no processo de conhecimento global dos seus pacientes.

Garantimos que as novidades não vão parar por aqui e a equipa está sempre disponível para atender às suas dúvidas e questões.