Equações do IOM/Food and Nutrition Board e de Cunningham disponíveis

Para ter mais opções em relação à fórmula utilizada para estimar as necessidades energéticas diárias dos seus pacientes, adicionamos novas referências.

Agora pode optar pelas equações do Food and Nutrition Board (FNB) do Institute of Medicine (IOM), e pela equação de Cunningham para o cálculo da Taxa Metabólica Basal (TMB).


Novidades na aba de planejamento

Agora, na aba de planejamento e mais propriamente no campo de cálculos, o profissional vai poder optar por estimar as necessidades energéticas diárias do seu paciente recorrendo à multiplicação da taxa metabólica basal (com as equações de Harris and Benedict, Mifflin St. Jeor, Katch Mcardl ou de Cunnigham) pelo fator de atividade física ou, recorrendo às equações do IOM/Food and Nutrition Board.

Equações do IOM/Food and Nutrition Board

Estas equações estimam as necessidades energéticas necessárias para manter o equilíbrio energético em um adulto saudável de uma idade, sexo, peso, altura e nível de atividade física consistentes com uma boa saúde.1

Devem ser aplicadas a adultos com pesos corporais saudáveis (IMC de 18,5 a 25 kg/m2).

As variantes desta equação para grávidas e lactantes ainda não estão disponíveis, mas estarão em breve, num próximo conjunto de atualizações.

Esta fórmula será também a que irá ficar definida por omissão para novos pacientes, passível de ser trocada por uma outra.

1 Food and Nutrition Board. Dietary Reference Intakes for Energy, Carbohydrate, Fiber, Fat, Protein and Amino Acids. Washington DC: National Academy of Sciences, 2005.

Equação de Cunningham

Esta equação é a melhor preditora da taxa metabólica basal em atletas de endurance2, porém exige o registo da massa livre de gordura do paciente.

Quando esse valor estiver faltando, o cálculo com essa fórmula não é possível e será visualizada uma nota de aviso.

2 Predicted and Measured Resting Metabolic Rate of Male and Female Endurance Athletes
THOMPSON, JANICE et al. Journal of the Academy of Nutrition and Dietetics , Volume 96 , Issue 1 , 30 - 34

Outras alterações

Ao deslizar o rato em cima dos níveis de atividade física, pode agora ver também uma pequena caracterização em texto.

Isto vai ajudar o profissional a definir a opção mais ajustada do fator de atividade física em relação à atividade dos seus pacientes.


Se já está registado no Nutrium mas estas ainda não são as equações que mais gostaria de ver integradas, não se esqueça de nos deixar essa informação, dado que trabalhamos em função das sugestões que diariamente nos chegam.

Registre-se para ter 14 dias de acesso gratuito e sem compromisso a todas as nossas funcionalidades.