Dobras cutâneas para a determinação da massa gorda

No Nutrium, trabalhamos diariamente para fornecer o melhor aos profissionais de nutrição.

Seja no atendimento ao cliente, desenvolvendo novos recursos ou criando conteúdo útil, nosso objetivo é sempre o mesmo: ajudar os nutricionistas a oferecerem um serviço melhor aos seus clientes.

A medição das dobras cutâneas é usada para estimar o percentual de gordura corporal, principalmente em atletas.

A somatória do valor de certas dobras cutâneas também permite avaliar o progresso dos pacientes em relação a composição corporal, como o resultado de intervenções dietéticas e/ou esportivas, ou comparar os dados com o restante da população.

Essas dobras são medidas com um adipômetro em locais específicos do corpo. Para a maioria delas, é necessária uma pré-marcação de pontos antropométricos de referência na pele com um lápis dermatográfico.

Se deseja saber mais sobre como medir as dobras cutâneas continue lendo esse artigo, não vai levar mais do que 5 minutos! No final, não se esqueça de baixar o seu guia!

Princípios básicos

Antes de incluir a medição das dobras em suas consultas, é importante considerar alguns aspectos:

  • O paciente deve estar em pé, em posição relaxada e com os membros superiores ao lado do torso (a menos que seja indicado de outra forma);
  • As dobras devem ser medidas no lado direito do corpo;
  • O examinador deve identificar os pontos com o polegar e o indicador da mão esquerda (ou da mão não dominante);
  • A dobra cutânea deve ser pinçada com o polegar e o indicador 2 cm acima do local a ser medido e o adipômetro deve estar posicionado no local marcado, perpendicularmente ao comprimento da dobra;
  • Para a medição da dobra, o examinador deve destacar a menor quantidade possível de tecido, certificando-se de pinçar apenas pele e tecido subcutâneo bem destacados do músculo subjacente;
  • Ambos os lados da superfície da pele da dobra cutânea devem estar aproximadamente paralelos e o adipômetro deve ser mantido a 90 graus em relação à marca da dobra;
  • A medição deve ser registrada 2 segundos depois de aplicar pressão total do adipômetro;
  • As medições devem ser repetidas 3 vezes em cada local e o valor considerado deve ser a média das 3 medidas.

Principais dobras cutâneas

Abaixo estão listadas informações práticas para a medição das principais dobras cutâneas. A medição dessas dobras é necessária para o uso de certas equações preditivas, descritas mais adiante.

Dobra cutânea tricipital

O ponto tricipital deve ser marcado no lado posterior do braço, na linha média do músculo tricipital, no ponto médio entre o acrômio e o rádio.

A dobra cutânea tricipital deve ser pinçada verticalmente (paralela ao comprimento do braço). O paciente deve estar em pé, com os membros superiores relaxados ao lado do torso, e o examinador deve estar posicionado atrás dele, do lado direito.

Dobra cutânea subescapular

O ponto subescapular é marcado imediatamente abaixo do ângulo inferior da escápula.

A localização da dobra cutânea subescapular deve ser marcada 2 cm abaixo do ponto subescapular (use uma fita antropométrica), de forma lateral e oblíqua.

A dobra cutânea forma uma linha de 45 graus (determinada pelo alinhamento natural da pele), prolongando-se na diagonal, em direção ao cotovelo direito.

Dobra cutânea bicipital

A dobra cutânea bicipital deve ser marcada no lado anterior do braço, no músculo bicipital e no ponto médio entre o acrômio e o rádio.

O paciente deve estar em pé, com os braços relaxados ao lado do torso. A dobra cutânea bicipital deve ser pinçada na vertical (paralela ao comprimento do braço).

Dobra cutânea suprailíaca

A localização da dobra cutânea suprailíaca fica na interseção de duas linhas: a linha que liga o ponto ilioespinal à margem anterior da axila e a linha horizontal marcada na crista ilíaca.

Ponto ilioespinal: ponto ântero-superior da espinha ilíaca.

Ponto iliocristal: ponto mais lateral da margem superior da crista ilíaca.

O paciente deve estar em pé, com os braços relaxados ao lado do torso. O membro superior direito também pode estar cruzado sobre o torso. A dobra cutânea é oblíqua (cerca de 45 graus do exterior para o interior e de cima para baixo), seguindo o sentido natural da pele.

Dobra cutânea abdominal

A dobra cutânea abdominal está localizada 5 cm à direita da cicatriz umbilical. Essa distância deve ser medida com uma fita antropométrica.

Essa distância é usada para indivíduos medindo aproximadamente 1,70 m. Se a altura do indivíduo for muito diferente desta, a distância deve ser ajustada, aplicando-se o seguinte cálculo:

Distância do ponto relativo à cicatriz umbilical = 5 x (altura / 170 cm)

O paciente deve estar em pé, com os braços relaxados ao lado do torso. A dobra cutânea abdominal é medida verticalmente, no ponto umbilical.

Dobra cutânea da coxa

O ponto deve ser marcado no ponto médio entre a dobra inguinal e o ponto superior da rótula, na linha média do lado anterior da perna.

O paciente deve estar sentado na beira de um banco, com o torso ereto e a perna direita estendida. Deve colocar as mãos por baixo da coxa e exercer pressão de baixo para cima para reduzir a tensão da pele. A perna esquerda deve estar flexionada, formando um ângulo de 90 graus entre a coxa e a panturrilha.

A dobra cutânea da coxa é medida paralela ao eixo longitudinal da coxa. Como essa dobra cutânea é mais difícil de destacar, o examinador pode pedir ajuda a uma terceira pessoa, que destacará a dobra com as duas mãos, a aproximadamente 6 cm de cada lado do ponto marcado.

Dobra cutânea da panturrilha

O ponto da panturrilha deve ser marcado no lado interno da perna, no ponto de maior circunferência da panturrilha.

Para marcar esse ponto, o paciente deve estar em pé, com os braços relaxados ao lado do torso, ter os pés afastados e seu peso uniformemente distribuído entre os dois pés.

O examinador deve se posicionar à frente do paciente e procurar a maior circunferência usando uma fita antropométrica. Essa linha horizontal deve ser interceptada por uma linha vertical, localizada na parte média da perna.

O paciente deve apoiar a perna direita em uma caixa antropométrica e assegurar-se de formar um ângulo de 90 graus entre a coxa e a panturrilha. A dobra deve ser medida no local da dobra cutânea da panturrilha, verticalmente ao comprimento da perna.

Dobra cutânea supra ilíaca

O ponto iliocristal deve ser marcado sobre o ponto superior da crista ilíaca, ao nível da linha que liga o meio da axila ao ílio.

A dobra é medida imediatamente acima do ponto iliocristal. Para tal, o examinador deve colocar o polegar sobre o ponto iliocristal e em seguida medir a dobra (esta é praticamente horizontal, mas segue o alinhamento natural da pele).


Gostaria de ter estas recomendações disponíveis durante as suas consultas?

A nossa equipe reuniu todas elas em um guia, que você pode baixar gratuitamente clicando abaixo:

Clique aqui para baixar o guia em português de Portugal.


Como determinar a massa gorda a partir das dobras cutâneas?

Embora seja possível determinar a massa gorda dos seus pacientes usando uma balança de composição corporal como esta, ela também pode ser deduzida usando as medições de certas dobras cutâneas a partir de fórmulas preditivas.

Para que a massa gorda possa ser determinada corretamente a partir da medição das dobras cutâneas, é necessário calculá-la usando equações preditivas, como as apresentadas abaixo:

Fórmula de Evans (2005)

Equação indicada para estimar a porcentagem de gordura corporal de atletas. Depende do gênero, da origem e das dobras cutâneas abdominal, tricipital e da coxa.

Fórmula de Slaughter (1988)

Esta equação determina diretamente a porcentagem de gordura corporal de crianças e adolescentes (de 7 a 18 anos). Depende do nível de maturidade, da origem e das dobras cutâneas tricipital e subescapular.

Fórmula de Peterson et al. (2003) (modelo de 4 compartimentos):

Determina a porcentagem de gordura corporal em adultos (de 18 a 55 anos). Depende do peso atual, da idade, da altura e das dobras cutâneas tricipital, subescapular, suprailíaca e da coxa.

Como o Nutrium pode ajudar você?

O Nutrium permite consolidar todas as informações e consultas do paciente em um só lugar. Se você usa a massa gorda determinada por um medidor de impedância ou por equações preditivas, o Nutrium pode ser útil.

No primeiro caso, saiba que, usando um medidor de impedância InBody, você pode importar automaticamente todas as medições com um clique. Consulte este artigo para saber mais.

Se preferir determinar a massa gorda usando equações preditivas, basta registrar as medições das dobras cutâneas necessárias. O Nutrium irá calcular tudo automaticamente. Veja como:

1. Na aba Medições, registre as dobras cutâneas.

Se as dobras cutâneas não aparecerem nessa aba, basta clicar no botão verde na parte inferior da página Configurar tipos de medições.

2. Depois de registrar as dobras cutâneas necessárias, dependendo da idade e do nível de atividade física do paciente, o software calcula automaticamente a porcentagem de massa corporal usando uma das equações.


Se tem mais sugestões de guias práticos que lhe fazem falta nas suas consultas de nutrição, entre em contacto connosco. Precisamos de toda a inspiração e ajuda que nos puder dar para podermos lançar novos recursos gratuitos e ajudá-lo a otimizar o seu aconselhamento nutricional!

Ainda não conhece o Nutrium? Pode fazê-lo de forma gratuita. Teste aqui e aproveite 14 dias gratuitos e sem compromisso.