4 erros que pode estar a cometer no seu negócio de nutrição online

São cada vez mais os nutricionistas que começam a prestar os seus serviços de consultas de nutrição de forma online.

Embora haja uma alta percentagem de nutricionistas que preferem as consultas presenciais, uma vez que podem estar pessoalmente com o cliente, avaliar medições e proporcionar um melhor acompanhamento, o facto é que também há cada vez mais clientes que procuram as consultas online.

Os benefícios são ser óbvios:

  • Se, por algum motivo, um cliente pretender trabalhar com um nutricionista específico e ambos viverem em cidades diferentes, é difícil e, por vezes, impossível que a consulta de nutrição seja realizada de forma presencial. No entanto, este trabalho pode ser realizado com eficiência de forma online.

  • Se o nutricionista for tímido ou não tiver um local para trabalhar de forma presencial.

  • Possibilidade de trabalhar em qualquer lugar, uma vez que apenas precisa de um computador e da ferramenta adequada para gerir todas as tarefas do seu trabalho.

Se está a pensar em prestar os seus serviços de forma online ou ampliar os seus serviços atuais para consultas de nutrição online, deve ter em consideração as seguintes recomendações.


Erro n.º 1: As suas consultas são realizadas através de questionários ou por videoconferência?

Sejamos realistas: muitas das orientações alimentares online apenas são realizadas por e-mail e a avaliação nutricional através de um questionário de informação pessoal.

Embora esse método possa ter sucesso se programa sua estratégia de nutrição for bem gerida e estruturada, é importante que as consultas sejam realizadas por videoconferência (por exemplo, por Skype) de modo a criar uma relação com o cliente.

Trabalhar de forma remota já pode criar diversos obstáculos sem o problema adicional de não poder ver o seu cliente no momento.

Se alguma vez tentou fazer uma avaliação nutricional através de questionários de informação pessoal ou de uma sessão por Skype, talvez tenha reparado que se consegue obter muita mais informação sobre o cliente através de uma sessão por videoconferência.

Erro n.º 2: Fornece o seu número de telefone ao cliente?

Por vezes, é o próprio cliente que não valoriza o seu trabalho. Mesmo que considere que isso não é um problema, não é normal que um cliente lhe envie uma mensagem num sábado à tarde ou num domingo com perguntas e dúvidas que não são urgentes. A não ser que seja um cliente tivesse uma competição num fim-de-semana e tivesse sido previamente acordado por ambas as partes que poderiam entrar em contacto caso se justificasse.

No entanto, muitos nutricionistas que oferecem consultas online dão, por vezes, o seu número de telemóvel pessoal aos clientes, o que implica, , alguns limites de confiança que não devem ser ultrapassados.

Por isso, não proporcione o seu número de telemóvel pessoal ao cliente. Se quiser dar algum contacto, deve ter um número profissional alternativo disponível. Mas mesmo nesse caso, estabeleça um horário como qualquer profissional.

Como alternativa, existem atualmente aplicações que lhe permitem estar em contacto direto com os seus clientes e manter uma relação profissional com os mesmos, tal como a aplicação móvel Nutrium.

Erro n.º 3: O profissionalismo que demonstra numa videoconferência é como aquele que demonstra no seu escritório?

Quando marca a data e hora de uma consulta de nutrição com o seu cliente, tenha sempre em mente que se trata de um cliente formal e que tem de demonstrar o seu profissionalismo.

Certifique-se de que ambos se apresentam no horário estabelecido e que a conversa e a sessão da consulta são levadas tão a sério como se fosse realizada de forma presencial.

Deve ser responsável e estar ciente de que, embora estejam ambos a conversar desde o conforto das respetivas casas, não se trata de uma conversa com amigos, mas sim com clientes que depositaram a sua confiança em si.

Uma ferramenta que pode ajudar nesta situação é ter um calendário específico para o seu negócio de nutrição, onde possa marcar as consultas com os seus clientes e estes recebam uma notificação a informá-los sobre a data e hora da consulta para que a confirmem, como no Nutrium.

Erro n.º 4: Como verifica se os seus clientes estão a cumprir o programa?

No início de uma consulta de nutrição online, é importante definir com o seu cliente a forma como o respetivo progresso vai ser avaliado. Estas regras básicas têm de ser acordadas no início para que ambos estejam em sintonia.

Por exemplo, programe as datas em que o cliente lhe deve enviar as medidas antropométricas, o peso, ou fotografias regulares de modo a observar quaisquer mudanças ao longo do tempo e certifique-se de que lhe envia sempre um feedback, sendo esta uma forma de o motivar para que continue a enviar-lhe mais avaliações.

No caso de algum dos dois se esquecer de enviar feedback, certifique-se de que possui as ferramentas adequadas para que ambos se mantenham no rumo certo. O envio de lembretes regulares ao cliente através de uma aplicação e a definição de datas específicas para a alcançar os objetivos servem para que os clientes tenham sempre isso entre as suas prioridades.


Se estiver a considerar passar para o mundo online e começar a prestar um serviço de consultas de nutrição online, deve saber que isso traz muitos benefícios e que irá poupar bastante tempo e dinheiro. É igualmente importante que saiba como pode garantir que o serviço prestado é o melhor possível.

Esperamos que estas recomendações tenham sido úteis para melhorar e mostrar aos clientes que a nova era tecnológica pode ser uma excelente ferramenta para a consecução dos seus objetivos.